Meio de volta...

quinta-feira, julho 16


“Rock’n’roll é tão fabuloso, as pessoas deviam começar a morrer por ele. (...) As pessoas simplesmente devem morrer pela música. As pessoas estão morrendo por tudo o mais, então por que não pela música? Morrer por ela. Não é bárbaro? Você não morreria por algo bárbaro? Talvez eu deva morrer. Além do mais, todos os grandes cantores de blues morreram. Mas a vida está ficando melhor agora. Não quero morrer. Quero?” - Lou Reed (ex-Velvet Underground)

2 comentários:

  1. Ao meu querer!
    Dias noites, estações esquecidas
    Inventei sonhos para sonhar
    Lavei mágoas, dores perdidas

    Uma árvore toca as águas da lagoa
    O nevoeiro faz desenhos nas cumeeiras
    Um Melro negro solta um pio ao acaso
    A palavra quero-te diz-se de mil maneiras


    Convido-te a ver a Cor da Claridade


    Doce beijo

    ResponderExcluir